Cursos

 

O Memorial Penha de França oferece vários cursos nas áreas de fotografia, design, história e arte.

Alguns deles são realizados em todos os semestres:

 

OFICINA DE FOTOGRAFIA

 

Curso teórico e prático de fotografia digital para iniciantes ou para aprimoramento compositivo e técnico.

Programa em 16 aulas, uma por semana:

• Diretrizes de composição.

• Estudo e leitura dos arranjos compositivos dentro da História da Arte e da Fotografia (alfabetização visual). A sensibilidade do olhar sem câmera.

• Conceito e tecnologia da Imagem digital.

• Recursos básicos e avançados de uma câmera digital.

• Ótica e lentes.

• Operação da câmera para captura de imagens.

• Instinto de dominar a luz, sombra, reflexos e rebatimentos.

• Edição básica da fotografia (Photoshop).

• Deriva Fotográfica: saídas à campo para o flagrante. Apuramento do olhar e sensibilidade compositiva.

• Estúdio: Fotografia Planejada com luz contínua. Arranjos compositivos. Fotografar Modelos vivos e objetos.

• Projeto: Busca e criação de imagens a partir de um tema.

• Portfolio e impressões.

• Leitura de conteúdo do próprio trabalho.

 

Didática:

A Oficina de Fotografia está embasada na arte-educação. Por princípio, o aluno é mais importante do que a câmera fotográfica, pois é ele, o artista, é quem vai produzir sua obra de arte em fotografia. Para tanto, esta oficina começa com diretrizes de composição antes do aprendizado técnico com a câmera. Esta didática foi desenvolvida em 2004 quando o arte-educador em fotografia Francisco Folco recebeu a incumbência de criar um curso de fotografia com arte pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo, denominado na época de Projeto Atelier para a Fotografia Digital. A didática deste projeto é utilizada hoje por outras universidades europeias, como Utrecht e Coimbra.

 

HISTÓRIA DA ARTE

Um passeio em multimídia pela história da criação artística, da idade das cavernas à arte contemporânea.

Em cada período, estilo e movimento artístico, uma leitura visual das artes plásticas, da arquitetura, da moda, da literatura, teatro e cinema. Em cada aula, uma audição musical da época.

Este curso nasceu dentro do Fórum de Preservação do Patrimônio da antiga Casa de Cultura da Penha como uma necessidade de ensinar a comunidade sobre os valores artísticos e culturais no ambiente em que vivem.

Em 2006, Francisco Folco foi contratado pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo para ministrar o curso de História da Arte nas Casas de Cultura, sendo o ponto alto do curso, a leitura dos elementos que estão ao redor. A possibilidade do público identificar os diversos estilos e escolas nos edifícios e nos meios de comunicação que estavam na vizinhança, o que possibilitou uma valorização do patrimônio que está ao nosso redor.

O curso de História da Arte do Memorial Penha de França tem este diferencial. Não fica apenas nos grandes museus. Pratica-se muito a leitura da obra, a alfabetização visual, e a atenção do mundo que nos cerca, recheada de conteúdos simbólicos.

Francisco Folco foi o fundador da Viveka-Escola de Arte e Criação em 1969. Contratada pela Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo no início dos anos 90, a escola foi referência na arte-educação, reciclando e formando professores de educação artística da rede municipal. Neste período trabalhou na curadoria de diversas exposições de arte em São Paulo com novos artistas.

Em 2004, Folco deixa este empreendimento, e com arquitetos e historiadores da região funda o Memorial Penha de França, um espaço para resgatar a memória da colina que tem o bairro mais antigo de São Paulo.